quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Mais um ano vai se passando,e o que aprendemos?


Me perdoe os outros, mais hoje irei falar de mim,e peso licença a todos vocês. Nesse ano aprendi que com o tempo podemos conquistar o que nem imaginava-mos,mas com um pouco de fé e paciência tudo se realiza.Aprendi que nem todos meus  amigos podem estar ao meu lado,e que outros estiveram ao meu lado mesmos com todos os meus defeitos e qualidades.E que minhas antigas ideologias foram se renovando,e que aquele garoto que pretendia mudar o mundo ver que todo passou de um belo sonho e que não é tão fácil como imaginava,aprendi que muitas vezes devo me calar,e que nem sempre podemos depender de uma mão para nos levantar em todas as horas e que nós mesmos devemos nos erguer, que meu passado não seja um martírio na minha vida e que amor verdadeiro existe. Aprendi que dinheiro e fama, não me traz a felicidade,e que minha solidão pode ser um  ato de fugir do mundo exterior e ir enfrentar o meu mundo interior,que não posso desistir dos meus objetivos,que devo lutar a cada segundo da minha vida pelo que acho certo.E que lagrimas podem ser enxugadas,e sorrisos compartilhados se você simplesmente se entregar a um amor,e falando em amor...que encontrei uma pessoa que me completa,e como diz “ em todo homem é preciso existir uma mulher para dar um brilho especial” e FATO não quero mais lagar esse amor.E que os outros pensam de mim não faz a mínima diferença na minha vida,e que minha família mesmo  com todos os defeitos e qualidades,é ela que me acolhe e que aquela idéia que a  família do vizinho é melhor que a minha é uma pura ilusão,sou mais a minha kk,e que é preciso ser homem suficiente para dizer o que pensa.Mas para finalizar e ao mesmo tempo continuar essa vida,que a cada dia aprendemos um pouco mais, tenho a agradecer: Primeiramente a Deus,a minha família,a minha namorada,a todos os meus amigos,aqueles que aprendi a conviver,e claro a todos os meus inimigos,que Deus os abençoe e que 2012 seja de muitas conquistas e aprendizado,beijo no coração.PESO A TODOS QUE VIREM ESSE TEXTO COLOQUE UM POUCO DO QUE APRENDEU NESSE ANO QUE PASSOU,E PROMETO POSTAR OS SEUS NESTE BLOG,ABRADEÇO DESDE AGORA A SUA CONTIBUIÇÃO. 

Quando me amei de verdade...

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!!!

                                                                                                Charles Chaplin

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Pra vc amr *-*


Amr nunca existiu na minha vida  pessoa igual a ti,uma pessoa única, q soube conquistar com a simplicidade de amar,teu sorriso,teu olhar,me transmite a felicidade de está contigo,todas as tuas atitudes,pensamentos,certezas aumenta no nosso S2 a certeza q tudo q sentimos um pelo outro é amor,um amor para a vida inteira,nossos sonhos e projetos,planeja o nosso futuro com tanta esperança e certeza q sempre estaremos juntos,eu amr ñ quero ser mais um na sua vida,eu quero fazer a diferença ser aquele garoto q vc ligara  e sempre te dirá o quanto vc é importante na vida dele,aquele amigo q sempre estará ou teu lado nos momentos alegres e tristes,aquele menino q se tornará homem junto contigo,quero ser aquele amor  q vive dentro de ti,ser aquele q te dará a camisa no tempo frio ou de chuva kkk lembra amr? Isso tudo resume em ser o teu namorado e simplesmente ser para vc tudo q vc quiser.Amigo,namorado,ciumento,bobão,apaixonado,ser seu só seu,eu te amo amr!

sexta-feira, 15 de julho de 2011

“Brasil Ordem e Progresso”


As vezes me pergunto até quando vamos ver nossas crianças e adolescentes  morrendo. Já não basta uma parte no mundo das drogas, prostituição e nos vícios “legalizados”,temos que ver elas morrendo? E nossos legais defensores brincando de ser policia e de ser político, onde está a justiça? Quando fala que a justiça é sega, realmente, ela está  demasiadamente. Agora olhando para outro lado fazemos outra pergunta:Onde está o ECA? Se ninguém lembra, eu irei lembrar que nos Art. 4⁰ e 5⁰, retrata bem  as assistências de segurança, dignidade e coloca como responsáveis a família e o ESTADO, sim o ESTADO, nas nossas casa podemos educar nossas crianças e é obrigação, mas vamos lembrar de nossa Educação e se podemos chamar de EDUCAÇÃO,escolas sem professores sem mínima estrutura para poder passar o que chamamos de ensino, já chega a má estrutura familiar e uma deficiência por parte do Estado, e nos omitimos de buscar uma melhoria, agora faço um apelo: Burguesia sai dos altares da hipocrisia e vem lutar com os mais necessitados, infelizmente precisamos do dinheiro para ser reconhecido e não mais por nossa índole e dignidade. Se vivo em uma utopia que ainda tem esperança no Estado melhor, eu não sei, mas acredito que podemos mudar essa onda de corrupção e desigualdade, lembrar das crianças que morrem , as crianças q procuram uma educação de qualidade um futuro promissor e só encontra uma má qualidade de vida, o Brasil não é só futebol  e samba, o Brasil clama por saúde e educação e qualidade de vida e principalmente para as crianças e adolescentes  que ainda é o Futuro de nossa Nação.E termino com o titulo e pra quem entendeu fica a e de novo “Brasil Ordem e Progresso”.
                                                                                                                                                 Zaid Galdino

sábado, 4 de junho de 2011

Musica!

Texto Literário !

Rio em flor de janeiro
 Carlos Drummond de Andrade

A gente passa, a gente olha, a gente pára
e se extasia.
Que aconteceu com esta cidade
da noite para o dia?
O Rio de Janeiro virou flor
nas praças, nos jardins dos edifícios,
no Parque do Flamengo nem se fala:
é flor é flor é flor,
uma soberba flor por sobre todas,
e a ela rendo meu tributo apaixonado.

Pergunto o nome, ninguém sabe. Quem responde
é Baby Vignoli, é Léa Távora.
(Homem nenhum sabe nomes vegetais,
porém mulher se liga à natureza
em raízes, semente, fruto e ninho.)

Iúca! Iúca, meu amor deste verão
que melhor se chamara primavera.
Yucca gloriosa, mexicana
dádiva aos canteiros cariocas.
Em toda parte a vejo. Em Botafogo,
Tijuca, Centro, Ipanema, Paquetá,
a ostentar panículas de pérola,
eretos lampadários, urnas santas,
de majestade simples. Tão rainha,
deixa-se florir no alto, coroando
folhas pontiagudas e pungentes.
A gente olha, a gente estaca
e logo uma porção de nomes populares
brota da ignorância de nós todos.
Essa gorda baiana me sorri:
– Círio de Nossa Senhora... (ou de Iemanjá?)
– Vela de pureza, outra acrescenta.
– Lanceta é que se chama. – Não, baioneta.
– Baioneta espanhola, não sabia?
E a flor, que era anônima em sua glória,
toda se entreflora de etiquetas.

Deixemo-la reinar. Sua presença
é mel e pão de sonho para os olhos.
Não esqueçamos, gente, os flamboyants
que em toda sua pompa se engalanam
aqui, ali, no Rio flóreo.
Nem a dourada acácia,
nem a mimosa nívea ou rósea espirradeira,
esse adágio lilás do manacá,
esse luxo do ipê que nem-te-conto,
mais a vermelha aparição
dos brincos-de-princesa nos jardins
onde a banida cor volta a imperar.

Isto é janeiro e é Rio de Janeiro
janeiramente flor por todo lado.
Você já viu? Você já reparou?
Andou mais devagar para curtir
essa inefável fonte de prazer:
a forma organizada
rigorosa
esculpintura da natureza em festa, puro agrado
da Terra para os homens e mulheres
que faz do mundo obra de arte
total universal, para quem sabe
(e é tão simples)
ver?

Video !

TOC ( Transtorno obsessivo-compulsivo) em Crianças !

video


video